Irmã Lúcia | Trecho histórico de entrevista com a vidente de Fátima

Irmã Lúcia à Rádio Vaticano

ANSA

ANSA

A Rádio Vaticano divulgou hoje um trecho histórico de uma entrevista com a Irmã Lúcia de Jesus dos Santos, uma das três crianças que viram Nossa Senhora na Cova da Iria, em Fátima, durante o ano de 1917.

Nesta entrevista, gravada em Portugal em 2000, portanto cinco anos antes da morte da Irmã Lúcia, ela fala sobre seus primos Jacinta e Francisco Marto e também de sua expectativa para a visita de João Paulo II, que iria ao país para beatificar os dois pastorzinhos.

Na época, Irmã Lúcia falou sobre seu primo Francisco. Teria ele ido à escola, ou não?

– Ele chegou e não chegou. Chegou a ir à escola, claro. Havia a escola para rapazinhos, em princípio, e para meninas não. Não era mista. Mas depois, passado algum tempo, em 1918, abriu também uma escola para meninas. Então, “rapazitos” iam à escola para rapazes e as meninas na escola para meninas. E ele dizia: “Mas Nossa Senhora me disse que me levaria para o céu, não é preciso que eu vá à escola”. Ele era aleijado da mão direita. Tinha, assim, a mão torta. Só o ensinavam a ler, não a escrever. E o Francisco: “Eu não vou, fico aqui com Nossa Senhora escondido”.

O interlocutor, cônego Manuel Formigão, um dos grandes defensores e promotores da mensagem de Fátima, avisa então que o Papa João Paulo II vai se encontrar com ela. Então Irmã Lúcia revela:

– É que nós temos aí uma pequenas coisas a dizer ao Santo Padre…mas não sei se pode? São umas coisas de estudo…

(Com informações Rádio Vaticano)

Comentários

Deixe o seu comentário


 
WordPress Video Lightbox Plugin