País africano é consagrado ao Coração Imaculado de Maria

Este ato é um ato de confiança, fé e esperança de que com Maria, que intercede por nós, Deus nos dará a vitória sobre o mal, sobre o pecado, sobre nossas divisões e, com isso, a força para trabalhar por um mundo mais fraterno, um mundo mais justo; um mundo em que todos contam e todos dão sua contribuição para que as coisas sigam adiante”, afirmam os bispos de Burkina Faso, na África.

Milhares de fiéis provenientes das 17 dioceses de Burkina Faso e Níger, oeste da África, participaram, neste domingo 2 de fevereiro, da peregrinação nacional ao Santuário Mariano de Yagma, situado a cerca de 15km da capital Uagadugu. O tema deste ano foi: “A família da Igreja de Deus, com Maria, proclama o Evangelho da misericórdia e da paz”.

Ao término da celebração eucarística, presidida pelo bispo de Dori, dom Laurent Birfouré Dabiré, o Episcopado, ouvindo as solicitações dos fiéis, decidiu consagrar o país ao Coração Imaculado de Maria, Nossa Senhora de Yagma. Pedindo o retorno da paz na nação atormentada com os repetidos ataques terroristas, dom Laurent convidou todos a abandonar qualquer ato que possa colocar a convivência em perigo.

Dioceses comprometidas a promover a cultura da paz no país

Justamente por esse motivo, para dar sua contribuição, ultimamente, todas as dioceses se comprometeram a promover a cultura da paz no país. Em Uagadugu, por exemplo, disse o cardeal Philippe Nakellentuba Ouédraogo, arcebispo da capital burquinense, foi organizada uma cadeia de oração, iniciada em dezembro, que durará o ano inteiro.

Tratou-se de uma iniciativa de paz que suscitou o apreço do primeiro-ministro, Christophe Joseph Marie Dabiré, presente também ele na peregrinação.

“Essa cadeia de oração organizada por toda a Igreja é um conforto para todos os burquinenses. E nós somos muito felizes que a Família da Igreja em Burkina Faso se preocupe substancialmente com a questão da paz e da segurança”, disse.

Fonte: Vatican News
 

Comentários Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *