10 dicas para quem está em depressão

A depressão afeta 322 milhões de pessoas no mundo, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) referentes a 2015. Em 10 anos, de 2005 a 2015, esse número cresceu 18,4%. A prevalência do transtorno na população mundial é de 4,4%.

Já no Brasil, 5,8% da população sofre com esse problema, que afeta um total de 11,5 milhões de brasileiros. Segundo os dados da OMS, o Brasil é o país com maior prevalência de depressão da América Latina e o segundo com maior prevalência nas Américas, ficando atrás somente dos Estados Unidos, que têm 5,9% de depressivos.

Mas, que dor é essa?

A depressão é uma doença que nos causa dor na alma

Durante nossa vida, vivemos diversos momentos, sejam eles alegres, tristes, de felicidade, dor e, às vezes, todos eles ao mesmo tempo. Algumas vezes, essa dor tem nome; outras, não conseguimos encontrar. Porém, parece que essas são as mais fortes. Lembro-me de que, uma vez, quando criança, li um cartaz dizendo que a depressão seria uma das maiores doenças do futuro. Eu ri muito, porque como pode alguém entrar em depressão? Ainda mais se essa pessoa tem Deus no coração!

Passaram-se mais de 20 anos e, então, constatei que, realmente, a depressão é um dos grandes males da humanidade. E não, Deus não tem nada a ver com isso, muito menos o fato de estarmos dentro da Igreja, de termos uma vida ativa faz com que nos vejamos livres desse mal. Ela pode vir aos poucos e ir nos consumindo, até que percebamos o ponto que chegou. A depressão pode vir após um trauma, uma grande dor ou até mesmo depois de um momento de grande felicidade, como a depressão pós-parto.

Pensando em ajudar você internauta que está lendo esse port, preparamos 10 dicas do Padre Chrystian Shankar para quem está em tratamento de depressão.

10 dicas para quem está em depressão

A seguir, serão listadas dez dicas básicas para aqueles que sofrem com a tão preocupante depressão. São dicas que com certeza devem fazer parte da vida de qualquer pessoa, independente do transtorno psicológico que ela está enfrentando.

Vale ressaltar que não existem regras nem fórmulas preparadas que garantam a melhora da depressão. De nada adiantam todas as dicas, remédios e terapias, se a pessoa não está verdadeiramente estimulada e preparada para vencer a doença. O processo é difícil, doloroso e muitas vezes, desanimador, por isso é de suma importância ter grande determinação e persistência.

1: Pense no seu bem-estar

Isso não quer dizer que você deva virar um egocêntrico, mas que você precisa dar um pouco mais de atenção para a sua vida, para você e para tudo aquilo que acontece à sua volta. Não menospreze nada que faça parte de você. Cuide-se.

2: Faça o que você ama e, acima de tudo, aprenda novas coisas

Você precisa ocupar seu tempo com coisas que lhe agradam – música, livros, esportes, filmes, amigos – e que lhe façam pensar em coisas boas e agradáveis. Mas não se prenda a isso. Vá explorar novas oportunidades e aprender novas habilidades – tocar um instrumento, aprender uma nova língua –que com certeza lhe trarão muita alegria e sentimentos de satisfação.

3: Não tenha medo de errar

Ou não pense que tudo aquilo que você faz é errado. Confie mais em si mesmo e arrisque mais. Ninguém é perfeito. As pessoas erram a todo momento. A diferença entre elas é que algumas nem reconhecem que erraram e fingem que nada aconteceu, enquanto outras – como é o seu caso- se culpam e ficam desanimadas consigo mesmas. Você deve reconhecer o erro e ver o que pode fazer para não repeti-lo. Aprenda e aceite que errar é humano. Você é um humano.

4: Não se culpe por tudo

Essa dica se relaciona um pouco com a dica anterior. É a velha história de que errar é humano. E é mesmo. Então para que se culpar? Quando nos arrependemos de verdade de um erro, podemos contorná-lo e seguir em frente. Sempre haverá novas chances para aqueles que se arrependem, reconhecem e, acima de tudo, aprendem com seus erros. Cada queda que levamos serve para nos ensinar novas lições. Se culpar é o mesmo que envenenar a própria alma. Esse sentimento só nos mata aos poucos.

5: Pense positivo e se prepare para o pior

Essa dica é importante, porque a depressão promove sentimentos muito negativos e desanimadores. Não ceda a tais sentimentos. Sei que não é fácil. Você precisa cultivar bons pensamentos e se preparar para o pior, afinal nem sempre tudo ocorre como imaginamos. Ter esperanças, mas estar preparado para o retorno negativo, nos ajuda a ser muito mais resilientes, ou seja, a superar muito melhor qualquer perda ou trauma que possa ocorrer na nossa vida.

6: Não leve a sério tudo o que dizem

Aprenda com as críticas. Geralmente, quem está numa crise tende a dar ouvidos a tudo o que as pessoas dizem. Se abalam facilmente e não podem ouvir nenhuma crítica que desabam ainda mais. Tenha consciência de uma coisa: Nem tudo o que os outros dizem realmente tem valor. Muitos só querem te prejudicar ainda mais. Seja mais autoconfiante. E quando receber críticas, analise com calma e veja se tem fundamento. Existem críticas que realmente vem para o nosso benefício. Só nos cabe aceitá-las e corrigi-las para que possamos nos tornar pessoas cada vez melhores.

7: Aceite desafios

Saia da sua zona de conforto. Sei que é muito bom sentir segurança, mas é necessário nos permitir correr riscos, fazer coisas novas, experimentar novos sabores, viver novas experiências. Quando saímos da zona de conforto, percebemos o quão somos capazes de crescer e evoluir. Deixamos de ter aquele medo e aquela crença de que não somos capazes. Por que somos sim.

8: Esqueça os padrões que a sociedade impõe

Você sabe o que é melhor para você.

9: Ria mais de si mesmo

Deixe de ficar se autocriticando e achando que deveria ser perfeito. Esqueça a perfeição. Olhe para si mesmo e para suas trapalhadas e aprenda a rir disso. Garanto que a vida se tornará muito mais leve.

10: Ame

Permita-se amar. Não se isole em seu próprio mundo. Existem tantas pessoas esperando um minuto que for para estar com você. Ame. Ame e ame.

Compartilhe com as pessoas que estão sofrendo com esse mal. Depressão tem cura! Vale a pena lutar com determinação, persistência e fé!

Oração

ATO DE FÉ
Eu creio Senhor que sois Deus Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra. Eu creio em Jesus Cristo Salvador de todo gênero humano. Eu creio no Divino Espírito Santo santificador.

Senhor hoje pedimos a graça da libertação da depressão por nós e por aqueles cujos nomes neste momento lembramos…

(diga os nomes…)

Em nome de Jesus liberta-me Senhor da depressão.
Em nome de Jesus liberta-me da angústia.
Em nome de Jesus liberta-me da ansiedade.

Senhor que o Teu poder libertador, livre e liberte o espírito da depressão retirando todas as amarras e todas as formas de manifestação da angústia. Cure Senhor onde esse mal se instalou, arranque pela raiz esse problema, cure as lembranças dolorosas, os traumas, ressentimentos e as marcas negativas.

Senhor Deus, que a alegria transborde profundamente em meu ser. Com Teu poder e em nome de Jesus, refaça minha história, meu passado e meu presente. Livra-me Senhor de todo o mal, e que nos momentos de solidão, de descaso e de rejeição, eu seja curado e libertado na Tua presença.

Eu renuncio no poder libertador de Nosso Senhor Jesus Cristo, ao medo, à incerteza, à desesperança e me apego em Teu poder Senhor, em Tua graça, em Tua bênção.

Dai-me Senhor a graça da libertação da depressão.
Dai-me Senhor a graça da libertação da angústia.
Dai-me Senhor a graça da libertação da ansiedade.

Amém.

Fonte: Adaptado de artigo de Padre Chrystian Shankar


Se desejar ouvir, é só clicar no “Play”

O “Momento de Reflexão” você ouve de Segunda a Sexta-feira às 18:45 no programa Vozes da Paz pela rádio São José FM em 96,9, Deus abençoe.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *