“Tudo começou num grupo de jovens aos 27 anos”, conta Padre Sidnei em entrevista

Filho de João Manoel Marcelino e Natátila Marcelino (in memorian), Padre Sidnei é o mais novo de 11 irmãos.

Natural de Joinville, seu discernimento à vocação sacerdotal foi se construindo no decorrer da sua história. Tudo começou num grupo de jovens aos 27 anos, onde conta que sua experiência em Deus foi crescendo. Durante uma missa com Dom Cipriano Chagas, no momento da consagração, sentiu o toque de Deus em sua vocação. “Foi tão verdadeiro que pedi um tempo em meu caminho de namoro, e me decidi ir para o seminário. Quando cheguei no seminário disse: aqui é o meu lugar, me senti verdadeiramente livre, aqui é meu lugar” conta Padre Sidnei.

Formou-se em Teologia e Filosofia, e no dia 05 de outubro de 2012 na Comunidade Divino Espírito Santo (paróquia Nossa Senhora do Perpetuo Socorro), foi ordenado presbítero Sidnei Marcelino.

Padre Sidnei tomou posse no dia 17 de outubro de 2015 no Santuário Nossa Senhora Aparecida, depois dos trabalhos pastorais do Padre Dulcio Antônio de Araujo que atualmente está em Jaraguá do Sul.

“O Padre Sidnei é um sacerdote com muita profundidade espiritual, carisma e talento para pregar a Palavra de Deus e cativar os fiéis, principalmente à juventude”.  Com essas palavras, o Padre Dulcio definia um pouco de quem era o Padre Sidnei Marcelino, quando a comunidade do Santuário N. Sra. Aparecida recebia seu novo pároco.

“A melhor teologia não foi a faculdade e os estudos, mas o aprender com o povo. Cristo disse ‘Tocai nas minhas feridas’. Nós padres tocamos nas chagas dos feridos, e as pessoas precisam de alguém que cuide de suas feridas”, comenta Padre Sidnei.

Nesse ano de 2018 o Santuário de Aparecida recorda os 40 anos da restauração da Imagem de Nossa Senhora Aparecida (1). Para o padre Sidnei, é um convite à restauração pessoal e social.

Foto: Elô Torcate


Ouça a entrevista à radio São José

Nota

1. A Imagem original de Nossa Senhora Aparecida sofreu um atentado em 16 de maio de 1978, sendo quebrada em mais de 200 pedaços.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *