Como Deus Escolhe as Mães de Crianças Especiais?

A maior parte das mulheres hoje em dia tornam-se mães por acidente, outras por escolha própria, outras por pressão social, outras por hábito.

Este ano quase 100 mil mulheres se tornarão mães de crianças deficientes. Você alguma vez já pensou como Deus escolhe as mães das crianças especiais? Eu já…
 

Uma vez visualizei Deus pairando sobre a Terra, selecionando seu instrumento de propagação com um grande carinho, e compassivamente.

Enquanto observava, Ele instruía seus Anjos a tomarem nota em um grande livro: …

– Para Beth, um menino. Anjo da Guarda, Matheus.

– Para Miriam, uma menina. Anjo da Guarda, Cecília.

– Para Regina, gêmeos. Anjo da Guarda Geraldo, ele já está acostumado.

Finalmente, Ele passa um nome para o Anjo, sorri e diz: Para esta dê a ela uma criança deficiente.

O Anjo, cheio de curiosidade, pergunta: porque ela, Senhor? Ela é tão alegre!

– Exatamente por isso, diz Ele.

Como eu poderia dar uma criança a uma mãe que não sabe o valor de um sorriso? Seria cruel…

– Mas será que ela vai ter paciência? Perguntou o anjo.

– Eu não quero que ela tenha muita paciência – disse Deus – porque aí ela se afogará no mar da autopiedade e desespero. Logo que o choque e o ressentimento passarem, ela saberá como conduzir-se. Eu a estava observando hoje. Ela tem aquele forte sentimento de independência.

Retrucou o Anjo:

– Ela terá  que ensinar a criança a viver no seu mundo e não será fácil. Além do mais, Senhor, acho que ela nem acredita na Sua existência.

Deus sorri, e diz:

– Não tem importância. Eu posso dar um jeito nisso. Ela é perfeita. Possui o egoísmo no ponto certo.

O Anjo engasgou. – Egoísmo? E isso é, por acaso, virtude?

Deus acenou que sim e acrescentou:

– Se ela não conseguir se separar da criança de vez em quando, ela não sobreviverá. Sim, esta é uma mulher que abençoarei com uma criança menos perfeita. Ela ainda não faz idéia, mas ela será, também, muito invejada. Sabe, ela nunca irá admitir uma palavra não dita, nunca considerará um passo como uma coisa comum. Quando sua criança falar “mamãe” pela primeira vez, ela pressentirá que está presenciando um milagre. Quando ela descrever uma árvore com um pôr-do-sol para seu filho cego, ela verá como poucos que já conseguiram ver a minha obra… eu permitirei ver claramente coisas como ignorância, crueldade, preconceito e a ajudarei superar tudo. Eu estarei a seu lado a cada minuto de sua vida, porque ela estará trabalhando junto comigo.

– Bom – disse o Anjo – e quem o Senhor está pensando mandar como Anjo da Guarda?

Deus sorriu; e disse:

Apenas dê a esta mãe um espelho, já é o suficiente anjo.

Já é o suficiente…

Devemos nos esforçar para que todas as pessoas sejam capazes de construir uma identidade não baseada nas dificuldades, mas em suas possibilidades e atitudes, as quais fortaleçam seus projetos de vida.

Nosso desafio consiste em reconhecer e respeitar o tempo de crescimento e em saber aceitar uma condição de adulto no lugar de uma eterna criança. Se estivermos convencidos de que todo ser humano tem possibilidade de crescer e de formar parte ativa da sociedade, eles acabam respondendo a essa expectativa.
 


Se desejar ouvir, é só clicar no “Play”

O “Momento de Reflexão” você ouve de Segunda a Sexta-feira às 18:45 no programa Vozes da Paz pela rádio São José FM – 96.9. Deus abençoe.

 

Comentários Facebook

6 Comentários na postagem “Como Deus Escolhe as Mães de Crianças Especiais?

  1. Essa mae sou eu.Meu filho nasceu com sindrome de Dowm.Eu naoa sabia nada sobre crianças espespeciais.Busquei atendimentos,fiz curso de especializaçao em DM,fui trabalhar em APAE,aprendendo todos os dias com meu Anjo e com os outros da entidade.Meu filho sempre me deu motivos para sorrir e ver que sempre a pena ser alegre,egista……Nunca vivemos uma simbiose.Meu Amjo sempre foi ele com meu apoio e alto nivel de exigencia,dando lhe asas para voar.Comparo meu Anjo com a ave do RS…o Quero quero…voa alto mas sempre pousa no chao,nao em arvores altas,e sua caracteristica.Amo meu Anjo,somos pessoas distintas.

  2. DIGA NÃO AO ABORTO, NÃO SEJA VOCÊ O PRIMEIRO A TER PRECONCEITO COM SEU FILHO. ESCOLHE, POIS A VIDA!!!
    Me chamo Nancy Ouriques sou casada com Warlei , tenho dois filhos Daniel Bernardo com 10 anos, filho do meu primeiro casamento que é perfeito e Kauã de 1 ano e 11 meses que é mais que perfeito , nasceu com síndrome de down. Descobri que ele ia nascer com down quando fis uma ultra que se chama translucência nucal. Fiquei apavorada quando a médica pediu que eu procurasse com urgência meu obstetra, pensei que estava perdendo o meu bebê. Fui até meu médico e ele me disse que o bebê poderia nascer com algum tipo de síndrome, com problema de coração , com os dois problemas juntos ou o bebê poderia nascer perfeito, mais que ele ia me indicar um médico profissional no assunto ( prefiro não sitar o nome) que iria me ajudar, fiquei feliz pensando em soluções para amenizar o problema do meu filho, quando ele me surpreendeu me indicando o aborto eu disse para ele que para mim não era motivo de abortar e perguntei se era tão grave assim, ele me respondeu que hoje em dia nenhuma mulher é obrigada a ter um filho doente. Fez-me lembrar que quando estava gravida de Daniel eu cheguei a pensar na possibilidade dele nascer com down, parece que Deus sussurrava em meu ouvido: Você vai ser mãe de um down! Cheguei a comentar uma vez com uma pessoa que um dia eu ia ter um down. Em oração então eu disse a Deus: Se o Senhor achar que sou capaz de cuidar de uma criança com down, eu aceito!
    Vivi minha gravides intensamente com meu marido na expectativa de o Kauã chegar. Eu sonhei ser mãe de um down!… Eu quis ser mãe de um down!… Ao médico que me sugeriu o aborto peço a Deus que o ilumine pois para mim ele é um infeliz que não acredita em Deus nem na maravilha da vida, a minha família e amigos que estiveram e estão comigo sinceros agradecimentos! E a você se um dia tiver por acaso esta opção, faça como eu: Escolhe, pois a Vida!!! — com Nancy Marins Ouriques.

  3. sou mãe de uma linda menina que e especial não só pra mim como para minha familia hoje vivo com a dor da saudade meu anjo foi fazer sua viaje com o senhor jesus ela viveu até os 18 anos comigo fui uma mãe muito feliz hoje vivo com uma depressão desde quando ela se foi pra mim essas crianças são mais do que especial são um grande amor de deus por vc eu sou uma mulher abençoada por deus só tenho que agradecer ao meu deus por tudo pela minha filha pelo meu filho tbm vc mamãe que tem seus filhos agradeça a deus pelas maravilhas em suas vidas diga pra deus obrigado senhor pelos meus filhos que estão com saúde obrigado pela minha familia pelo meu próximo agradeça a deus por tudo em sua vida esse e minha mensagéns

  4. Sou mãe de um menino especial, hoje com 27 anos e digo menino porque para nós ele será sempre uma criança pura, inocente e que está a cada dia nos ensinando o quanto a vida é maravilhosa. Sua luz é tão intensa e alegre que nos faz vibrar e tornar cada momento especial.
    Amo muito meu filho.

  5. sou acadêmica de serviço social, faço meu estágio na APAE de Mafra ,e nesta entidade presto serviço de voluntária no Clube de Mães desde setembro de 2014 aqui amadureci, cresci, e aprendo a cada encontro o qual abençoadas são essas Mães de filhos especiais ..especiais sim sua pureza é admirável e como são receptivos e alegres , agradeço muito a Deus por ter me dado essa oportunidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *