Os três irmãos

Numa folha de um velho almanaque, parcialmente rasgada, foi possível ler uma pequena história envolvendo trés irmãos de nomes estranhos: Não Quero, Não Posso e Vou Experimentar. Mais do que nomes, eram posicionamentos diante da Vida.

O primeiro deles estava de mal com o mundo. Amargo, seu único ângulo de visão era a crítica e, por isso, rejeitava qualquer proposta que surgisse dos outros. Ele era do contra. Não sabia exatamente por que, mas era contra. Na realidade, era contra si mesmo. Por negar-se a resolver seus problemas, diante de qualquer sugestão, assinava em baixo: Não Quero.

O segundo irmão – O do meio – não tinha esse pessimismo todo, mas também não assumia com garra os desafios. Com medo de fazer mé figura, ele se excluía: Não Posso. E sua Vida transcorria em incrível mediocridade, sem sal nem açúcar, sem trovoadas nem sol. Sua autoimagem também era negativa. Evidentemente, ele não gostava de si.

Já com o terceiro irmão, tudo era diferente. Não era melhor, nem mais inteligente ou criativo que os outros dois, mas ele arriscava. Algumas vezes, dava-se mal, mas isso não o desanimava.

Como tinha uma boa autoestima, aproveitava o erro como experiência e triunfava.

Chega o fim do ano, e como de costume perguntamos o que será do ano novo?

Naturalmente todo mundo espera paz, amor, saúde e dinheiro. O Fim de um ciclo marcado pelo calendário, trás a muitas pessoas a esperança de deixar de fumar, emagrecer, voltar a praticar atividades físicas, mudar de emprego, dar mais atenção aos amigos e ter mais carinho com a família, enfim… Razões não faltam para as mais diversas promessas. Para cumpri-las, é preciso mentalizar como vamos fazer isso. A Neurociência (o estudo científico do sistema nervoso) diz que os nossos pensamentos, geram as nossas palavras. As nossas palavras geram as nossas atitudes, e as nossas atitudes geram os nossos resultados. Então, tudo o que a mente pode conceber acreditar, a mente pode realizar. Somos motivados à cumprir promessas. (Dr. Wellington Bega – Doutor em Psicanálise e Saúde Mental).

Uma pesquisa publicada em um site britânico, diz que: Uma em cada três promessas é abandonada depois de uma semana e 14% delas, duram apenas um dia. Sabe qual o pior fracasso? É não tentar por temê-lo. Toda pessoa tem compromisso com a luta. A vitória nem sempre depende de nós, mas a luta sim. É ela que confere dignidade à vida.

Nunca devemos dizer “Não Quero”, muito menos, “Não Posso”. Diante de qualquer desafio, respire fundo, acumule energia, confie em Deus e diga com toda a tranquilidade: “Vou Experimentar”.
 


Se desejar ouvir, é só clicar no “Play”

O “Momento de Reflexão” você ouve de Segunda a Sexta-feira às 18:45 no programa Vozes da Paz pelas rádios São José AM, 1240 e Nova Era FM em 104,5, Deus abençoe.

 

Comentários Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *